OSM - JOSM - Tutorial para Importação de Edificações

Avatar do usuário
Thundercel
Administrador
Mensagens: 666
Registrado em: 02 Ago 2013, 17:28

OSM - JOSM - Tutorial para Importação de Edificações

Mensagem por Thundercel »

Importação do material da Prefeitura do Rio: passo a passo

Documentação:
Projeto "Rio Olympics Mapping"
Sub-Projeto "Rio de Janeiro (city)/Import IPP Buildings"

1. Baixar SHP do site da Prefeitura do Rio de Janeiro somente na área a ser trabalhada:
Cuidar para que a área selecionada fique no limite de cerca de 1MB para o .shp (para manter o limite de 50.000 objetos para upload no JOSM). Equivale a aproximadamente 50 quadras regulares (cerca de 5.000 polígonos de prédios).

Imagem Imagem

2. Abrir o .SHP no QGIS e salvar novamente como novo arquivo, convertendo o CRS (sistema de coordenadas) do original SAD69 para WGS84:EPSG 4326 como usado no OSM (imagem abaixo).

Eventualmente podem também ser filtrados no QGIS os prédios do material da prefeitura que estejam em conflito de intersecção com o existente no OSM (imagem ao lado: previamente baixados com overpass, em amarelo na imagem), removidos (em laranja na imagem) e salvos os sem conflito (em verde na imagem) em novo arquivo .shp, para facilitar o trabalho no JOSM de verificação de conflitos externos.

Imagem Imagem

3. Converter no QGIS os valores do campo "BASE" (que contém a indicação de nível de implantação do prédio sobre o terreno), do sistema SAD69 para WGS84, adicionando a diferença de 4.37m:

Abrir a Tabela de Atributos, clicar no botão Field Calculator (Calculadora de Campos), marcar opção "Atualizar campo existente", escrever na janela de expressão a fórmula: "BASE"+4.37 e executar. Salvar o arquivo. (Imagem abaixo).

(Os nomes dos campos "BASE" e "ALTURA" podem ser alterados posteriormente no JOSM, respectivamente, para as tags ele=* e height=*.)

Imagem

4. Abrir o .SHP (previamente convertido para WGS84:EPSG 4326) no JOSM usando o plugin OpenData, e salvar como .osm.

IMPORTANTE: Cuidados prévios:


Confirmar previamente no QGIS a conversão do .shp para WGS84:EPSG 4326, caso contrário o deslocamento pode ser grande (cerca de 10m).

Na imagem abaixo, comparação entre material com conversão (azul) e sem conversão (vermelho) para WGS84:EPSG 4326:

Imagem

Evitar cortar prédios ao selecionar no site da prefeitura (imagem abaixo). Selecionar por ruas ou vazios urbanos para selecionar os prédios inteiros.

Verifique com a imagem se o prédio está realmente íntegro após abrir no JOSM. Caso contrário, descarte-o desta importação e faça download inteiro em outro momento.

Imagem

5. Alterar as tags do original para tags válidas no OSM:

Selecionar "somente" os multipolígonos (search type:relation) e adicionar tag building=yes;
Selecionar "somente" os ways que "não" pertencem a multipolígonos (search type:way; remover da seleção role:inner e role:outer) e adicionar tag building=yes;
Substituir "somente" o nome da tag BASE= * pela tag válida ele=*;
Substituir "somente" o nome da tag ALTURA= * pela tag válida height=*.

Imagem

Corrigindo conflitos internos e externos ao material

Imagery (JOSM/iD)
TMS

Código: Selecionar todos

http://{switch:a,b,c}.tiles.mapbox.com/v4/openstreetmap.map-inh7ifmo/{zoom}/{x}/{y}.png?access_token=pk.eyJ1Ijoib3BlbnN0cmVldG1hcCIsImEiOiJncjlmd0t3In0.DmZsIeOW-3x-C5eX-wAqTw
Conflitos internos

Passar o validador do JOSM nos dados, sem fazer download da área do OSM. Resolver conflitos internos:

Imagem

Erros

Building duplicated nodes: selecionar todos os com conflito, e resolver com fix (executará merge). Ou, adicionar layer=1,2,..., conforme camada.

Avisos

Intersection between multipoligon ways:

Deletar o multipolígono a que pertencem os ways e colocar building=yes somente nos ways.

Building inside building:

Resíduos (triangulares): adicionar tag layer=1,2,... conforme camada. Adicionar a estes ways a tag note=isto é resíduo de desenho a remover?.

Demais casos de partes do prédio: Adicionar layer=1,2,... somente no way com maior altura (conforme tag height=*).

Se o outro way no conflito (ou multipolígono) já tem layer=1, adicionar layer=2. Polígono de térreo (em geral o maior) deve ficar sem tag layer=*(zero).

Self-intersecting ways:

Selecionar o way e seu onde ocorre a intersecção, fazer split (P), deletar a parte que ficou interna, e confirmar se permaneceu outro way (distinto) que já havia no mesmo local.

Adicionar a tag fixme=verificar height e layer a todos os ways contendo layer.

Eventuais outros conflitos, examinar caso a caso.

Exemplo caso Leblon: 01 Errors; 34 Warnings; 100% resolvido e validado.

Conflitos externos

Fazer download do existente no OSM, e novamente passar o validador, agora para verificar conflitos geométricos dos prédios a importar com objetos existentes no OSM. Resolver conflitos com o existente:

Imagem

Avisos

Building inside building: casos de prédios já mapeados; resolução:

ou separar e remover desta importação o novo prédio a ser importado, para posterior verifcação com o material existente;
ou substituir a geometria anterior pela nova, conservando o histórico, usando CTRL+SHIFT+G (somente para ways, não multipolígonos).

Resolvido este, passar novamente validador, pois demais conlfitos podem ter sido resolvidos com isto.

Crossing Buildings: Ídem ao caso anterior de Building inside building. Ou, casos de nós entre prédios vizinhos: fundir somente os nós de perímetro, não deixando linhas ou nós de prédios dentro de outros prédios vizinhos.

Crossing ways: confirmar o alinhamento correto usando a imagem e os traçados de GPS e Strava; realinhar, conforme o caso: ou os prédios novos a serem importados, ou vias ou outros prédios envolvidos no conflito.

Eventuais outros conflitos, examinar caso a caso.

Exemplo caso Leblon:

Building inside building e Crossing Buildings: não haviam casos (previamente removidos onde já haviam existentes).
Crossing ways: 04 casos de vias, resolvidos: Shift+I (adiciona nó no cruzamento com via); realinhamento de 02 vias.

Finalizando

Após 100% validado (interna e externamente), proceder importação:

Changeset Comment: #RioOlympicsMapping - Import IPP Buildings (mais breve descrição das alterações).
VIA TASK MANAGER: #osmtm-co-project-14 #RioOlympicsMapping - Import IPP Buildings (mais breve descrição das alterações).


Verificar no ato de importar se não aparecem mais conflitos. Se aparecem, resolver.

Tempo estimado:

Download do .SHP da prefeitura, abertura no JOSM, alteração das tags, validação e ajustes (internos e externos): 1h.
Upload: 30 min.

Total: 1h30min.

Créditos:

Sérgio (smaprs) em WIKI

COCARDL DOAÇÕES

A melhor maneira de se garantir que o site COCARDL e os mapas continuem disponíveis é fazendo uma doação de qualquer valor por um dos meios abaixo:

PIX PAYPAL PAGSEGURO SANTANDER ITAU BRASIL

Clique AQUI para doar

Avatar do usuário
jpgon
Usuários Registrados
Mensagens: 14
Registrado em: 12 Dez 2013, 18:01
Residencia: Brasil-PR-Umuarama

Re: OSM - JOSM - Tutorial para Importação de Edificações

Mensagem por jpgon »

Márcio,
Boa noite

Muito interessante, mas complexo.
Não é algo para qualquer um fazer com rapidez.
Necessário muita atenção, concentração em cada passo, e verificar primeiramente a disponibilidade do mapa da cidade fornecido pela prefeitura do município.
E saber se este mapa está georeferenciado
Abs
Julio
Avatar do usuário
hctomio
Moderador
Mensagens: 245
Registrado em: 17 Abr 2014, 20:28
Residencia: BR - SC - Jaragua do Sul

Re: OSM - JOSM - Tutorial para Importação de Edificações

Mensagem por hctomio »

Muito bom esse tutorial.

Embora é como jpgon comentou, exige algum conhecimento no QGis e Josm.

Mas é o caminho das pedras, para conseguir fazer importações.

Estou tentando obter o shp de uma prefeitura aqui da região, para tentar reproduzir o tutorial.

Helio.
Mapeador OpenStreetMap (OSM) desde 09/01/2014
Garmin 2580TV (mapas CocarDL)
Samsung G360 (mapas OSM): 7ways, Osmand, Mapfactor, Maps.ME, Víago
Avatar do usuário
jpgon
Usuários Registrados
Mensagens: 14
Registrado em: 12 Dez 2013, 18:01
Residencia: Brasil-PR-Umuarama

Re: OSM - JOSM - Tutorial para Importação de Edificações

Mensagem por jpgon »

Hélio,
Boa tarde
Enviei por e-mail um link para seus estudos sobre shp (Shapefile)

Abs
Julio
Responder